sábado, 19 de abril de 2014

33 fotos que irão mexer com você


Uma imagem vale mais do que mil palavras, mas nem todas as imagens são iguais; de modo que algumas não valem uma palavra



Uma imagem vale mais do que mil palavras, mas nem todas as imagens são iguais; de modo que algumas não valem uma palavra, já outras podem falar por um milhão delas. As fotos que geralmente mostramos no MDig são belas, engraçadas, ou encantadoras, mas as fotos desta coleção são poderosas. São emocionante e inesquecível por causa do que falam sobre a condição humana; sobre alguns dos melhores e piores momentos da existência humana contemporânea.

Devo alertar os emedigueanos que algumas dessas fotos podem aborrecê-los, enquanto outras podem preenchê-los de alegria. Mas isso é precisamente porque essas imagens refletem alguns dos melhores e piores partes da experiência humana e dos acontecimentos mundiais. O incrível destas fotos de um passado recente é que, em sua maior parte, descrevem o nosso presente, o nosso sofrimento e nossas conquistas, nossa perseverança e nossas falhas, nossa compaixão e nosso ódio, nossa inteligência e nossa estupidez.

Como as imagens devem ter significâncias diametrais entre uns e outros, espero que lembrem a todos que o mundo sempre pode ser regado cada vez mais de amor, tolerância, compaixão e compreensão.

1. Criança faminta e missionário.

Via: Mike Wells

2. Dentro de uma câmara de gás de Auschwitz.

Via: kligon5

3. Cirurgião cardíaco depois de um transplante de coração bem sucedido de 23 horas de duração. Seu assistente está dormindo no canto.


Via: James Stanfield

4. Pai e filho (1949 versus 2009).

Via: Vojage-Vojage

5. Diego Frazão Torquato, 12 anos, toca violino no enterro de seu professor, que o ajudou a escapar da pobreza e da violência através da música.

Via: salvemasnossascriancas.blogspot.com

6. Um soldado russo tocando um piano abandonado na Chechênia em 1994.

Via: drugoi.livejournal.com

7. Jovem acaba de descobrir que seu irmão foi morto.

Via: Nhat V. Meyer

8. Cristãos protegem muçulmanos durante oração em meio às revoltas 2011 no Cairo, Egito.

Via: Nevine Zaki

9. Um bombeiro dá água a um coala durante os devastadores incêndios florestais em Victoria, na Austrália, em 2009.

Via: abc.net.au

10. Terri Gurrola se reencontra com sua filha depois de servir no Iraque por 7 meses.

Via: Louie Favorite

11. Homens sem-teto indiano esperam para receber refeições distribuídas no lado de fora de uma mesquita de Eid al-Fitr, em Nova Delhi, na Índia.

Via: Tsering Topgyal/AP

12. Zanjeer, o cão que salvou milhares de vidas durante explosões em série em Mumbai, em março de 1993, detectando mais de 3.329 kg do explosivo RDX, 600 detonadores, 249 granadas e 6.406 cartuchos de munição. Ele foi enterrado com todas as honras em 2000.

Via: STR News / Reuters

13. Homem caindo do World Trade Center em 9/11.

Via: Richard Drew /AP

14. Pai alcoólatra com seu filho que tenta levantá-lo.

Via: imgur.com

15. Casal abraçado nos escombros de uma fábrica que desabou.

Via: Taslima Akhter

16. Pôr do sol em Marte.

Via: nasa.gov

17. Garoto cigano de 5 anos na véspera do Ano Novo de 2006 na comunidade de St. Jacques, Perpignan, sul da França, onde há um costume antigo estendido de dar cigarro para as crianças.

Via: Jesco Denzel

18. Hhaing The Yu, 29 anos, cobre o rosto com a mão, enquanto a chuva leva os restos de sua casa, perto da capital de Yangon ( Rangoon) em Myanmar. Em maio de 2008, o ciclone Nargis atingiu o sul do país deixando milhões de desabrigados e reivindicando mais de 100.000 vidas.


Via: Brian Sokol

19. Um cão chamado "Leão" guarda o túmulo de seu dono, que morreu nos deslizamentos de terra na região serrana do Rio de Janeiro em 2011.

Via: Vanderlei Almeida/Getty Images

20. "Espera por mim Pai", de Claude P. Dettloff em New Westminster, Canadá, 01 de outubro de 1940.

Via: Claud Detloff

21. Um veterano russo operador de tanque da 2ª Guerra Mundial finalmente encontra o velho tanque em que ele passou toda a guerra, em uma pequena cidade da Rússia, como um monumento

Via: englishrussia.com

22. O poder da flor.

Via: Bernie Boston

23. A mulher senta-se desolada no meio dos destroços causados por um forte terremoto e subsequente tsunami, em Natori, norte do Japão em março de 2011.

Via: Asahi Shimbun, Toshiyuki Tsunenari /AP

24. Os túmulos de uma mulher católica e seu marido protestante, Holanda, 1888.

Via: retronaut.com

25. Greg Cook abraça seu cão Coco depois de encontrá-la dentro de sua casa destruída no Alabama após a Tornado de março de 2012.

Via: Gary Cosby Jr. / AP

26. Demonstração do uso do preservativo em um mercado público em Jayapura, capital da Papua, 2009.

Via: Adri Tambunan

27. Concurso de fotos recria imagem de soldados russos se preparando para a batalha de Kursk, em julho 1943.

Via: Shirak Karapetyan-Milshtein

28. Durante grandes inundações em Cuttack City, Índia, em 2011, um aldeão heróico salvou inúmeros gatos carregando-os em uma peneira sobre a cabeça.

Via: Biswaranjan Rout/AP

29. Um senhorzinho afegão oferece chá para um soldado.

Via: Rafiq Maqbool/AP

30. Saudação Black Power nas Olimpíadas de 1968: os atletas Tommie Smith e John Carlos levantam os punhos, num gesto de solidariedade que tornou-se um marco na história das lutas dos afro-americanos pelos direitos civis. Foram expulsos dos jogos e ao chegarem em casa, todas suas medalhas e troféus foram confiscados pelo governo. Tommie tinha 11 recordes mundiais, mas nunca mais competiu e o único trabalho que encontrou foi de lavador carros em um estacionamento

Via: Associated Press/AP

31. Um homem norte-coreano esconde as lágrimas depois de almoçar com um parente sul-coreano, durante reuniões temporárias entre famílias das duas Coreias em um resort no Monte Kumgang em 2010. Quatrocentos e trinta e seis sul-coreanos foram autorizados a passar três dias na Coreia do Norte para encontrar seus parentes norte-coreanos, que não viam desde a guerra de 1950-1953.

Via: Kim Ho-Young/Reuters

32. Um civil francês em desespero ao ver os nazistas ocupando Paris durante a Segunda Guerra Mundial.

Via: Iconic Photos

33. Um prisioneiro de guerra alemão da Segunda Guerra, liberado pela União Soviética, se reencontra com sua filha. A menina não via seu pai desde que tinha um ano de idade.

Via: Helmuth Pirath

1 comentário: